Automação Comercial: caminho sem volta

05/05/2011 01:49

 

Qual é o nível de estoque da loja?
Você está perdendo clientes para outras lojas?
Qual é o produto que mais vende?
Qual é o produto que dá mais lucro?

Super Hiper Panorama 2008 - 15/02/2008

Se você não conseguiu responder a todas essas perguntas, precisa investir em automação comercial.

As ferramentas básicas
Um preâmbulo sobre automação no varejo...

A automação é uma ferramenta que representa diferencial para o varejo, pois proporciona informação, agilidade e, fundamentalmente, é um meio de sobrevivência diante da acirrada concorrência.

O processo de automação começa com a implantação de equipamentos e a substituição dos procedimentos e rotinas manuais por informatizados, até chegar à utilização de ferramentas que possibilitam maior controle e melhor gestão do negócio, obtendo maior rentabilidade e competitividade. A competitividade traz a necessidade de tecnologia e a tecnologia agrega valor à empresa.

O primeiro passo é a identificação das necessidades

Necessidades operacionais
a) Frente de caixa: filas, dados incorretos no cadastro de produtos, não há registro da venda etc.;

b) Fornecedores: recebimento de produtos sem código de barras, pedidos emitidos de forma errada, notas fiscais em desacordo com o pedido etc.;

c) Retaguarda: falta de controle do estoque, inventário nunca bate, furtos e perdas etc.

Necessidades gerenciais
Quais são as informações importantes para a gestão do negócio? Alguns relatórios usuais em softwares são: lista de produtos em gôndola, lista de preços, posição de estoque, inventário de estoque, entrada de produtos, venda de produtos, posição do caixa, giro de produtos, cadastro do cliente etc.

Planejamento: situação atual X desejada
1) Situação Atual - Quantifique as atividades atuais:
- Quantos clientes são atendidos por dia e por hora?
- Quantos itens são comercializados?
- Quantos pedidos têm erros?
- Quantas notas fiscais estão em desacordo com o pedido de compra?, entre outras.

2) Situação Desejada - Determine para cada atividade melhoria no desempenho e acompanhe a evolução da eficiência do processo.
- Aumento de 20% de clientes atendidos por dia;
-Aumento do tíquete médio da loja em 30%;
-Eliminação dos erros em pedidos de compra;
-100% da Notas Fiscais de acordo com o pedido realizado; entre outros.

Custos x Benefícios
Os benefícios da Automação Comercial são muito compensadores. Com planejamento sério, o retorno certamente será vantajoso.

As ferramentas básicas
A automação comercial se fundamenta em quatro ferramentas básicas, que padronizam a linguagem e integram processos e parceiros comerciais.

1. Identificação de produtos
2. Código de Barras
3. Rede Integrada
4. EDI (Eletronic Data Interchange) Troca Eletrônica de Dados.

Custos envolvidos
Hoje a automação cabe para todos os tipos de bolso. Existem soluções no mercado acessíveis aos mais diversos varejistas. O importante é pesquisar. Conhecer as necessidades do negócio, processos que devem ser automatizados e principalmente qual é a disponibilidade de investimento.

Envolver a equipe também é outro fator-chave de sucesso, evitando qualquer rejeição ao novo sistema.

Software e equipamentos
a) Software: Realizar a escolha do software em primeiro lugar. Isso porque é ele que atenderá as necessidades gerenciais e operacionais do negócio, e só depois será possível identificar qual é o equipamento compatível.

b) Equipamentos: Existem equipamentos para cada aplicação, como leitores, coletores, terminais, ponto-de-venda-PDV, impressoras fiscais-IF, máquinas registradoras-MR, impressoras de cheques com ou sem consulta a órgãos de proteção ao crédito, microrregistradoras, balanças eletrônicas, consultas de preços, terminais multimídias, equipamentos de transferência eletrônica de fundos (TEF) para realizar operações de crédito ou débito, impressoras de códigos de barras, geradores, no-breaks etc.

Defina os tipos de equipamento que vão compor a melhor solução para a necessidade levantada.

Em resumo
A Automação Comercial traz impactos positivos nos processos da empresa e proporciona benefícios concretos. Ela pode aperfeiçoar a gestão, os controles, principalmente de estoque, evitando desvios e perdas de mercadoria. A preocupação deve ser com a empresa como um todo, não somente com as vendas, visual, merchandising e atendimento ao público. A automação está aí para ajudar no crescimento do seu negócio. É um caminho sem volta!

 

 

Fonte: http://www.elgin.com.br/portalelgin/Site/Imprensa/Noticia/NoticiaDetalhe.aspx?IdNoticia=142